Xultophy chega às farmácias para tratar diabetes tipo 2

IMG_1789

A Novo Nordisk traz ao mercado brasileiro Xultophy, medicamento injetável indicado para adultos com diabetes tipo 2 que não conseguem atingir o controle glicêmico adequado. A nova terapia é uma combinação fixa da insulina degludeca, cujo nome comercial é Tresiba, com o antagonista de GLP-1 liraglutida, cujo nome comercial é Victoza.

De acordo com o endocrinologista Carlos Eduardo Couri, a combinação da insulina basal e do GLP-1 tem o potencial de melhorar o controle glicêmico, diminuir o risco de hipoglicemia e reduzir o risco de ganho de peso, “podendo até resultar em uma pequena perda de peso”, ressalta ele.

Leia também: 10 curiosidades sobre a insulina Tresiba

Xultophy deve ser administrado uma única vez ao dia e pode ser aplicado independentemente das refeições, preferencialmente na mesma hora do dia. A dosagem deve ser ajustada pelo médico e depende do perfil de cada paciente.

O medicamento, aprovado em abril deste ano pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), está disponível em caneta descartável e deve ser associado à dieta balanceada e atividade física regular.

A dose máxima é de 50 unidades de insulina degludeca e 1,8 mg de liraglutida, sendo que uma unidade de dose corresponde a 1 unidade da insulina basal degludeca e 0,036 mg de liraglutida, minimizando os efeitos colaterais, como náuseas.

Clique aqui e saiba o preço do medicamento