Você confia no resultado apontado pelo seu glicosímetro?

Crédito de foto: FreeImages

Crédito de foto: FreeImages

Você costuma comparar os resultados da sua glicemia entre os glicosímetros? Você confia neles? A ADJ Diabetes Brasil vem recebendo reclamações de pessoas, que ao compararem os valores das glicoses nos aparelhos, perceberam variações bem elevadas. Este também é o seu caso? Se a resposta for positiva, saiba que a entidade, ao lado dos deputados Gil Lancaster e Marcio Camargo, promove nesta quinta-feira (17), às 19h, a audiência pública A Precisão dos Glicosímetros.

O debate será realizado no auditório Teotônio Vilela, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e contará com a presença de representante da Anvisa, da Sociedade Brasileira de Diabetes, da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e da USP (Universidade de São Paulo), além dos deputados citados acima e da própria ADJ.

O tema é de extrema importância, tendo em vista a existência de mais de 52 modelos de glicosímetros disponíveis no Brasil. Um estudo de avaliação dos glicosímetros realizado pela Unicamp em 2013 constata a reprovação de quatro deles, pois as diferenças de resultados encontrados variaram entre 19% a 139%, inviabilizando a utilização em serviços de triagem e conduta clínica.

Abbott lança monitor de glicemia sem precisar picar o dedo

Segundo a Associação Americana de Diabetes (ADA), os resultados exibidos nos monitores de glicemia capilar – ou seja, dos testes de ponta de dedo – não podem variar mais do que 15%. Para Carlos José Augusto da Costa, presidente da ADJ Diabetes Brasil, é fundamental que os glicosímetros sejam confiáveis.

– Por isso, reuniremos representantes das instituições citadas, para que ações sejam analisadas e encaminhadas com o objetivo de as pessoas se sentirem mais seguras e poderem tomar decisões para seu devido controle.

Na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, tramita a PL 106/2016, que determina que os aparelhos de medição de glicemia tenham precisão na aferição da glicemia. Este projeto de lei tem autoria do deputado Gil Lancaster e co-autoria do deputado Marcio Camargo.

Para Lancaster, “essa audiência pública é de suma importância para que possamos discutir este tema tão fundamental, já que os aparelhos que medem a glicemia podem salvar ou matar a pessoa portadora de diabetes, que esperam nos dados da aferição a veracidade de fato das informações.

– Foi por este motivo que também apresentamos em conjunto, o deputado Marcio Camargo e eu, o projeto de lei 106/2016 que exige exatidão dos aparelhos glicosímetros na aferição.