Osteoporose vs. Atividade Física

066

Significa osso poroso, é caracterizada pela diminuição da massa óssea, o que produz uma fragilidade no osso, aumentando o risco de fraturas principalmente no quadril, coluna e punho.
Essa diminuição começa por volta dos 35 e 40 anos, quando o nosso corpo inicia o processo de envelhecimento, nas mulheres essa diminuição é aumentada pela menopausa.

São três os fatores fundamentais para a prevenção da osteoporose: cálcio, sol e exercícios físicos, seguindo minha especialidade, vou falar apenas sobre o exercício.

– Músculos exercitados e em movimento colaboram para que os ossos fiquem mais fortes.
– Quanto melhores as condições musculares, melhor a qualidade de massa e arquitetura óssea, maior a resistência aos traumas e menores as possibilidades de fraturas, que representam a grande complicação da osteoporose.

Atividades mais indicadas

– Os esportes mais indicados são os que provocam grande tensão muscular;
– Exercícios de duração prolongada e de baixo impacto (caminhar, nadar, andar de bicicleta, corridas leves);
– De fortalecimento muscular (musculação com pesos leves);
– Exercícios para melhorar o padrão da marcha, o equilíbrio e os reflexos, a fim de diminuir a incidência de quedas (dança, atividades de coordenação motora e agilidade);

Por estas razões os exercícios físicos são recomendados em qualquer programa de prevenção para a osteoporose, a melhora das condições musculares e ligamentos, movimentos e funções articulares executados com maior segurança e desenvoltura, além da melhora da qualidade de vida, estão contribuindo muito para o tratamento e prevenção das perdas de massa e resistência óssea.

Tire suas dúvidas com nossa Educadora Física, Cecília Cardim clicando aqui!

CECILIA CARDIM
(Educadora Física)