Jogar tênis ajuda o desenvolvimento físico e mental das crianças

tennis-time-2-1058605-640x480

A prática esportiva tem uma influência muito positiva nas crianças e seus benefícios podem se estender ao longo de toda a vida. Além de ser um instrumento de socialização na infância, o esporte tende a estimular a inteligência e a memória, cuidar da saúde e desenvolver habilidades como a motricidade, coordenação motora e equilíbrio.

Quando falamos em esportes e crianças, normalmente, a prática de futebol, esporte mais popular do país, ou da natação, reconhecida pelo auxílio no desenvolvimento físico, são as primeiras opções que vem a mente. Outras atividades, no entanto, também trazem benefícios e o ideal é que os pequenos tenham a liberdade para escolher a atividade que mais gosta e para qual tenha maior aptidão, avisa a professora de tênis Bruna Assemany.

– O tênis traz diversos benefícios para as crianças. Primeiramente, por desenvolver habilidades sociais e a afetividade e por estimular o trabalho em equipe, mas podemos listar entre os benefícios também o  desenvolvimento das capacidades físicas e as estruturas psicomotoras, da inteligência lógica matemática, da autoestima, do planejamento estratégico, da forma de lidar e administrar erros, a disciplinar entre outros.

Leia também: Crianças devem praticar 40 minutos de atividade física por dia

No caso do desenvolvimento da psicomotricidade, por exemplo, a professora explica que durante a prática do tênis é possível estimular noção de espaço e tempo, equilíbrio, lateralidade, noção corporal e a coordenação motora.

A prática esportiva por obrigação pode gerar rejeição, portanto, quanto mais lúdico e animador for o exercício, melhor. O cuidado em estimular o prazer da criança à prática do tênis foi uma das preocupações de Bruna quando fundou a Liga Tênis 10, destinada a organização de torneio para crianças de 4 a 10. A professora, inclusive, criou personagens com as cores das bolas que cada faixa etária utiliza.

O tênis é um esporte que exige diversas habilidades do praticante, entre elas, velocidade, resistência, disciplina, força e tática. A prática melhora a concentração, a coordenação motora, aumenta a força dos membros inferiores e superiores, a capacidade cardiovascular e respiratória entre outros benefícios. Para minimizar os riscos de lesões, no entanto, é fundamental que tantos as crianças quantos os adultos se dediquem adequadamente ao alongamento e aquecimento e executem o movimento corretamente.

– A escolha de um professor qualificado é fundamental. É muito importante que se opte por profissionais que tenham registro no CREF e que tenham se especializado no trabalho com crianças. Esses professores saberão ensinar os alunos da melhor forma possível. Saberão orientar quais os materiais adequados para cada idade, como tamanho de raquete e bola. Informações que são importantes para a formação das crianças e que minimiza o risco de lesões.