É tempo de PÁSCOA!

020-1

É tempo de Páscoa…

Um dos feriados mais coloridos, depois do carnaval!
É uma data muito importante para os cristãos, mas é marcada pelos ovos de chocolate!

O chocolate muitas vezes é sinônimo de privação e descontrole glicêmico. Talvez os portadores de diabetes nessa época possam ficar até um pouco triste com situações cotidianas, como ir ao supermercado, por exemplo. É quase uma viagem ao mundo dos ovos de páscoa, onde encontramos diversos tamanhos, brindes e recheios.

Os ovos diet parecem à solução perfeita para os diabéticos que adoram aproveitar a páscoa com a família. No entanto, um fato muitas vezes ignorado, é que embora o chocolate diet tenha sido modificado, não contendo açúcar, possui outros carboidratos, que podem também elevar a glicemia.

Afinal, qual é o chocolate ideal para o portador de diabetes?
Não existe chocolate ideal a proposta do diet veio para ajudar, mas no final das contas até o diet devem ser consumidos com moderação.

A escolha do ovo de páscoa ideal (normal, diet ou light) é feita pela avaliação da tabela nutricional de cada produto, algumas vezes o diet pode ter muitas calorias quando comparado ao chocolate normal (se comparado a mesma porção). Nesta páscoa a palavra de ordem é comparar e claro não exagerar!

A nutricionista Dra Luciana Bruno da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) elaborou um mini guia de sobrevivência para páscoa para auxiliar os portadores de diabetes a passar o feriado sem descontrole glicêmico.

Mini Guia de Sobrevivência para a Páscoa:

– Internalize o real significado da Páscoa, que com certeza não é… devorar chocolates!!
– Compare os rótulos do chocolate comum e diet, aquele com menor quantidade de carboidrato poderá ter menor efeito na glicemia, desde que, consumido em quantidades equivalentes.
– Para saber se o chocolate está dentro do que consideramos saudável, verifique a quantidade total de gordura. O saudável é que a cada 15 gramas de carboidrato o alimento contenha até 5g de gordura total. Não são raras as vezes que o chocolate diet tem maior quantidade de gordura quando comparado ao chocolate comum. Outro ponto a ser avaliado é que a glicemia, após a grande ingestão de gorduras, pode elevar-se após 3-5 horas.
– Tente encaixar a porção de seu ovo de Páscoa no seu plano alimentar, respeitando horários e quantidades. Desta forma, você estará mantendo a glicemia dentro do normal e também mantendo seu peso. E em partes, por exemplo, 30 gramas de chocolate ao leite comum, equivale em termos de carboidrato, a 1 fatia de pão com margarina .
– Divida os ovos de Páscoa com sua família, eles não precisam ser consumidos de uma só vez.

Feliz Páscoa á todos!!!

020

Caroline Montingelli Coelho
Farmacêutica – CRF-SP: 50.089