Beber café diminui o risco de ter diabetes

029

Mais algumas boas notícias sobre o cafezinho: um estudo publicado no “Archives of Internal Medicine” afirmou que beber café deve estar relacionado com uma redução do risco de desenvolver diabetes tipo 2, o tipo mais comumente associado a obesidade e a inabilidade do corpo de regular a taxa de açúcar.

Pesquisadores da Universidade de Minnesota acompanharam os hábitos relacionados a ingesta de café de 28.000 mulheres que já passaram pela menopausa (última menstruação da mulher) por 11 anos.

Eles descobriram que mulheres que beberam seis ou mais xícaras de café por dia apresentaram 22% menos chance do que as que não bebiam café em desenvolver diabetes.

A analista médica do canal de televisão CBS, Emily Senay, disse que os efeitos são ainda maiores com as consumidoras de café descafeinado: “o risco de desenvolver diabetes tipo 2 foi reduzido em 33%”, disse ela.

Senay disse que os cientistas não estão certos quais ingredientes do café são responsáveis pelo efeito benéfico. “As sementes do café devem conter componentes químicos que podem ajudar no controle do metabolismo de carboidratos, que é o problema do diabetes”, e adiciona, “deve haver minerais que ajudam. O que é interessante nesse estudo é o descafeinado (o café que produziu a maior redução de risco), e sabemos que deve ser algo presente na semente e não a cafeína”. Senay diz que as descobertas abrem mais portas para outros estudos, e alerta que a chave para não ter diabetes não é o café, mas sim exercícios físicos regulares e uma dieta com pouca gordura.

http://www.voanews.com/AmericanLife/2006-06-30-voa65.cfm