10 fatos importantes sobre o edema macular diabético

Crédito de foto: FreeImages

Crédito de foto: FreeImages

Se você tem diabetes, deveria fazer o exame de fundo de olho uma vez por ano para rastrear o surgimento da retinopatia diabética, certo? Outra doença ocular muito comum causada pelo descontrole recorrente da glicemia e detectada neste mesmo exame é o edema macular diabético (EDM). Você já ouviu falar dessas duas doenças? Embora sejam complicações do diabetes independentes, ou seja, uma não leva à outra, se não tratadas, ambas podem desencadear perda severa da visão e até cegueira.

Recentemente, a indústria farmacêutica Bayer lançou o medicamento Eylia para o tratamento do EDM e reuniu um timaço de especialistas para falar sobre o risco de cegueira causado pelo diabetes.

Leia também: “Quase fiquei cega”, diz jovem sobre negligencia com o diabetes

Confira os 10 fatos mais importantes sobre o edema macular diabético destacados pelos oftalmologistas Sérgio Pimentel, chefe do Serviço de Retina do Hospital das Clínicas, e Arnaldo Bordon, diretor da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo e diretor do Setor de Saúde Ocular da Sociedade Brasileira de Diabetes.

1 – O excesso de açúcar no sangue compromete os vasos sanguíneos de todo o nosso corpo, incluindo os dos olhos, especificamente as regiões da retina e da mácula.

2 – A mácula é a região da retina que dá nitidez e foco às imagens, por isso o edema causa uma severa perda da visão e até cegueira.

3 – Em torno de 4% das pessoas com diabetes são acometidas pelo edema macular diabético.

4 – Os principais sintomas do edema são manchas na visão, distorção de imagens, fotofobia, diminuição do contraste e alterações de cores e do campo de visão.

5 – Cerca de 1/3 das pessoas com diabetes desenvolvem algum grau de dano ocular, segundo dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF).

6 – O edema macular diabético é a principal causa de cegueira em jovens adultos e de meia-idade nos países desenvolvidos.

7 – A perda total da visão por falta de tratamento incapacita o paciente de realizar suas atividades do dia a dia, causando impactos psicológico, social e econômico.

8 – Atualmente, o tratamento padrão-ouro para o edema macula diabético é a injeção intraocular de antiVEGF.

9 – O edema macular diabético é uma das razões mais frequentes de perda severa da visão na população em idade ativa.

10 – O exame de fundo de olho deve ser realizado todo ano e é fundamental  para o diagnóstico precoce das doenças oculares em diabéticos.

Assista: Globais protagonizam campanha Diabetes sem Complicações

1 Response

  1. GILSON DE BARROS MARTINS disse:

    Preciso das tiras de teste de glicose one touch ultra, o que atrapalha é o custo da entrega. Estou no CEP 25802-310.

    Att. Gilson